Home
Informações do Curso de Especialização

Informações do Curso de Especialização

Se você for estrangeiro, clique aqui!

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM CONSERVAÇÃO DO SOLO NA CULTURA DE CANA-DE-AÇÚCAR

 

PERÍODO E HORÁRIO: 02 de fevereiro a 30 de agosto de 2018, nas sextas-feiras das 19 às 22h30 e aos sábados das 08h30 às 12h30 e das 13h30 às 18h.

 

LOCAL: Departamento de Ciências do Solo, na ESALQ/USP, na Av.Pádua Dias, 11, em Piracicaba, SP

 

PÚBLICO ALVO: Profissionais que atuam com na parte agrícola da cultura da cana-de-açúcar e engenheiros e agrônomos que tenham interesse em complementar sua formação no tema.

 

OBJETIVO: Desenvolver habilidades de planejamento e dimensionamento de sistemas de conservação de solo eficientes do ponto de vista ambiental e operacional

 

JUSTIFICATIVA: O profissional que atua na área de conservação solo e sistematização tem um grande desafio na cultura de cana-de-açúcar: como conciliar rendimento operacional sem relegar a conservação do solo agrícola. As alterações de manejo são constantes e a resposta do profissional deve ser capaz de captar os impactos na conservação do solo de forma precisa. Este curso visa atualizar o profissional do setor nas ferramentas e entendimentos atuais sobre o tema, buscando a coexistência da conservação do solo e da operacionalidade do canavial.

 

COORDENADOR: Prof. Dr. Gerd Sparovek (ESALQ/USP)

 

DISCIPLINA

1) Introdução à conservação do solo e conceitos fundamentais de solos, climatologia e geoprocessamento

 

Professores:

Gerd Sparovek; Gustavo Casoni da Rocha; Isabella Clerici de Maria; Pablo Vidal-Torrado; Paulo César Sentelhas e Peterson Ricardo Fiorio

 

Objetivos:

Discutir as leis que abordam o solo no Estado de São Paulo e compreender o papel do técnico responsável e do fiscal na conformidade da lei e na preservação dos solos.

Apresentar as principais classes de solos brasileiros, bem como suas potencialidades e limitações para a agricultura e implicações para a conservação do solo.

Discutir as ferramentas oferecidas pelas geotecnologias no planejamento agrícola, seus fundamentos, usos e aplicações.

Discutir a relação entre clima e desenvolvimento da cultura da cana-de-açúcar e a importância do zoneamento agroclimático.

 

Datas prováveis:

•             02 e 03/fevereiro

•             23 e 24/fevereiro

•             09 e 10/março

 

Ementa (3 aulas):

1) Abertura/ Planejamento da conservação do solo/ Leis de conservação de solo e o papel do técnico responsável

•             Apresentação e diretrizes do curso

•             Legislação ambiental

•             Legislação sobre conservação do solo no Brasil

•             Legislação sobre conservação do solo no Estado de São Paulo

•             Definição de solo agrícola e conservação do solo

•             Conservação e o uso adequado do solo

 

2) Solos brasileiros: geografia e classificação (Estudo de campo II)

•             Geografia de solos

•             Gênese de solos

•             Principais classes de solos brasileiros

•             Classificação de solos e aspectos de manejo

 

3) Geoprocessamento como ferramenta no planejamento agrícola e Climatologia aplicada a produção de cana-de-açúcar

 

•             Conceitos básicos de geoprocessamento

•             Coleta e organização de dados espaciais

•             Sensoriamento remoto

•             SIG: definições e aplicações no planejamento agrícola

•             Conceitos básicos de climatologia

•             Elementos do clima aplicados a cultura da cana: radiação, temperatura, umidade, precipitação

•             Zoneamento agroclimático da cana-de-açúcar

 

DISCIPLINA

2) Sistemas de conservação de solo

 

Professores:

Alexandre Puglisi Barbosa Franco; Gerd Sparovek; Gustavo Casoni da Rocha; Isabella Clerici de Maria; Jairo Antônio Mazza; José Osmar Bortoletti; Miguel Cooper e Murilo Machado

 

Objetivos:

Entender conceitos fundamentais da conservação de solo e do processo erosivo

Apresentar formas de sistematização com foco na eficiência operacional e na conservação de solo.

Compreender conceitualmente projetos de controle de erosão, o funcionamento e avaliação de algumas técnicas.

Compreender conceitualmente projetos de controle de enxurrada o funcionamento e avaliação de algumas técnicas.

 

Datas prováveis:

•             23 e 24/março

•             06 e 07/abril

•             20 e 21/abril

•             04 e 05/maio

•             18 e 19/maio

 

Ementa (5 aulas):

1) Conceitos fundamentais do processo erosivo e impactos no ambiente/Fiscalização e procedimentos da Defesa Agropecuária/Interpretação e instrumentação do manual

•             Dinâmica do processo erosivo

•             Erosão acelerada x erosão geológica

•             Tipos de erosão

•             Fatores que afetam a erosão

•             Erodibilidade do solo

•             Erosividade da chuva

•             Topografia

•             Cobertura e manejo do solo

•             Impactos intrínsecos e extrínsecos da erosão

•             Legislação sobre conservação do solo no Estado de São Paulo

•             Competência de fiscalização

•             Penalidades

•             Responsabilidades da autoria dos danos

•             Classificação dos danos causados ao solo agrícola

•             Apresentação de projeto de recuperação

•             Discussão do manual de conservação de solo para cana-de-açúcar

 

2) Sistematização sustentável no cultivo da cana-de-açúcar

•             Aspectos fitotécnicos da cultura

•             Fatores limitantes ao desenvolvimento radicular e época de plantio

•             Épocas de plantio

•             Espaçamentos e sistema de plantio

•             Espaçamentos

•             Colheita da cana-de-açúcar e manejo da palhada

•             Sulcação

•             Modelos de sistematização atuais

•             Projetos inovadores

•             Resultados de pesquisas na área

 

3) Sistemas de conservação de solo baseados em infiltração

•             Técnicas para aumentar a cobertura vegetal

•             Técnicas para aumentar a infiltração de água

•             Técnicas para controlar o escoamento superficial

•             Direção da sulcação

•             Sistema de terraceamento

 

4) Sistemas de conservação de solo baseados em drenagem

•             Técnicas construtivas de canais escoadouros

•             Dimensionamento

•             Alocação de canais

•             Manutenção e monitoramento de projetos de drenagem

 

5) Oficina de dimensionamento de estruturas de interceptação e condução da enxurrada
 

DISCIPLINA

3) Planejamento da conservação do solo, sistema viário e avaliação de experiências e projetos

 

Professores: Alexandre Puglisi Barbosa Franco; Gerd Sparovek; Gustavo Casoni da Rocha e Murilo Machado

 

Objetivos:

Compreender no campo o funcionamento dos projetos de controle de erosão.

Entender a relação entre malha viária e sistema de manejo adotado e as estratégias possíveis visando a conservação do solo e rendimento operacional.

Discutir e praticar, no formato de oficina, o planejamento de um sistema conservacionista para diferentes condições de manejo

Apresentar experiências exitosas de produtores, discutindo o processo de implantação do sistema e entender como funciona a implantação de um sistema inovador em conservação de solo para a cana-de-açúcar.

 

Datas prováveis:

•             08 e 09/junho

•             22 e 23/junho

•             20 e 21/julho

•             03 e 04/agosto

 

Ementa (4 aulas):

1) Planejamento da sulcação e do sistema viário

•             Posicionamento de estradas na paisagem

•             Planejamento convergente: estradas e talhões

•             Manutenção de estradas

•             Drenagem de estradas

•             Estruturas de condução da enxurrada

 

2) Projetos de controle de erosão e enxurrada (campo)

 

3) Oficina de elaboração de projetos e gestão da inovação

•             Exercícios teóricos e práticos sobre elaboração de projetos

 

4) Experiências com sistemas inovadores de conservação do solo: desenvolvimento, implantação e avaliação

•             Experiências Agrícola Rio Claro

•             Experiências Agrícola MTO

•             Sistematização, terraceamento, canais escoadouros,



APROVAÇÃO: Mediante 85% de presença e nota média nas avaliações de 7,0. A avaliação será por meio de trabalhos teóricos e práticos, individuais e em grupo

 

CARGA HORÁRIA: 180 h

 

NÚMERO DE VAGAS: 33

 

VALOR

Matrícula: R$ 950,00

Mensalidade: 6 parcelas de R$ 950,00

 

REQUISITO: Ter concluído a graduação.

 

PROCEDIMENTO PARA INSCRIÇÃO: Preencha a ficha de inscrição, no site e envie para a FEALQ (Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz – FEALQ/CDT, Curso de Aperfeiçoamento em Conservação do Solo na Cultura de Cana-de-açúcar, Av. Centenário, 1080 – São Dimas, 13416-000 Piracicaba, SP) uma cópia autenticada do diploma de graduação, curriculum resumido, de no máximo 2 páginas e uma cópia do RG e do CPF. O pagamento da matrícula deverá ser realizado após a confirmação da sua inscrição (o que faremos por escrito) e através de depósito no Banco do Brasil, agência 3149-6, c/c 4.008-8, em nome da FEALQ (ENVIAR o comprovante para o e-mail cdt_apoio@fealq.com.br, com seu nome e o nome do curso), as mensalidades serão cobradas, através de boletos que serão enviados via e-mail, após o início das aulas, com o primeiro vencimento para 10 de fevereiro de 2018 e as demais subsequentemente. 

 

Se você for estrangeiro, clique aqui!