Home
Produtos
BORBOLETAS

Esta obra surgiu da necessidade de o Departamento de Entomologia e Acarologia da Esalq/USP concentrar e ampliar a área de visitação escolar. Iniciaram-se então as pesquisas a fim de identificar e avaliar na região a fauna de borboletas e a flora associada a esses lepidópteros, bem como o estudo de seus aspectos biológicos, das condições de habitat, da estrutura do criadouro, além da manutenção de criação massal e de populações.

Os dados publicados no livro foram coletados entre 2000 e 2010 em visitas feitas a criadores credenciados nos Estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo para desenvolvimento de técnicas de criação sustentável. Nesse período foram mantidas estufas denominadas borboletários, onde têm sido criadas várias espécies de borboletas.

O principal objetivo Borboletário da Esalq/USP é a pesquisa de espécies que apresentam a possibilidade de criação massal, nas diferentes épocas do ano, além da prática de criação e manutenção de borboletário que sirva de modelo para outros projetos. Antes de se iniciar uma criação, deve-se consultar o Ibama e ler as várias portarias específicas para esse tipo de atividade. A criação de borboletas em cativeiro protege-as dos inimigos naturais, nas sucessivas fases de vida, e resulta em grande número de adultos que poderão ser liberados em matas e jardins.

Finalmente, um projeto de criação de borboletas em cativeiro deve:

  • Contribuir para o repovoamento de áreas onde elas estão em risco de extinção;

  • Seguir rigorosamente a legislação;

  • Servir como base para estudos e pesquisas, isso porque pouco se sabe sobre borboletas nativas;

  • Ser rentável, autossuficiente e não agredir o meio ambiente.

BORBOLETAS

R$40,00

AUTORES: Evoneo Berti Filho e João Angelo Cerignoni

ISBN: 978-85-7133-068-9

PAGINAÇÃO: 94 páginas

REF: 264 (2898-3) Categoria

Descrição

Esta obra surgiu da necessidade de o Departamento de Entomologia e Acarologia da Esalq/USP concentrar e ampliar a área de visitação escolar. Iniciaram-se então as pesquisas a fim de identificar e avaliar na região a fauna de borboletas e a flora associada a esses lepidópteros, bem como o estudo de seus aspectos biológicos, das condições de habitat, da estrutura do criadouro, além da manutenção de criação massal e de populações.

Os dados publicados no livro foram coletados entre 2000 e 2010 em visitas feitas a criadores credenciados nos Estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo para desenvolvimento de técnicas de criação sustentável. Nesse período foram mantidas estufas denominadas borboletários, onde têm sido criadas várias espécies de borboletas.

O principal objetivo Borboletário da Esalq/USP é a pesquisa de espécies que apresentam a possibilidade de criação massal, nas diferentes épocas do ano, além da prática de criação e manutenção de borboletário que sirva de modelo para outros projetos. Antes de se iniciar uma criação, deve-se consultar o Ibama e ler as várias portarias específicas para esse tipo de atividade. A criação de borboletas em cativeiro protege-as dos inimigos naturais, nas sucessivas fases de vida, e resulta em grande número de adultos que poderão ser liberados em matas e jardins.

Finalmente, um projeto de criação de borboletas em cativeiro deve:

  • Contribuir para o repovoamento de áreas onde elas estão em risco de extinção;

  • Seguir rigorosamente a legislação;

  • Servir como base para estudos e pesquisas, isso porque pouco se sabe sobre borboletas nativas;

  • Ser rentável, autossuficiente e não agredir o meio ambiente.

Informação adicional

Peso 0.310 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “BORBOLETAS”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *