Quero contribuir

R$ 100 R$ 300 R$ 500 Outro Valor

Sobre o Arboreto
Luiz de Queiroz

 

O parque da Esalq é composto por um conjunto enorme, diverso e belo de árvores. Integra o campus da USP em Piracicaba e engrandece duas das suas mais importantes unidades de ensino e pesquisa, a Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) e o Cena (Centro de Energia Nuclear na Agricultura).


O Projeto Arboreto Luiz de Queiroz visa tornar esse belo parque em um jardim botânico de árvores brasileiras, que seguirá dedicado ao ensino e à pesquisa, mas que também se prepara para tornar-se um espaço lúdico e aprazível de lazer e educação aberto para a comunidade externa à universidade.


O parque ocupa uma extensa área com mais de 200 hectares, num gradiente de usos que varia de espaços intensamente edificados a protegidas reservas que preservam às margens dos rios Piracicaba e Piracicamirim. A árvore é um elemento comum em toda essa rica diversidade de usos, e a enorme diversidade de espécies revela a riqueza da nossa flora. Serve também de habitat permanente ou temporário para uma rica variedade de espécies animais.


O Projeto Arboreto Luiz de Queiroz está sendo estruturado para adaptar-se à complexa tarefa de gerir de forma profissional e enriquecer de forma científica esse importante legado que, desde a sua implantação, há mais de 120 anos, transformou o uso exclusivamente agrícola das terras da Fazenda São João da Montanha num parque que emblematicamente integra jardins, florestas ripárias e reservas florestais com espaços onde são conduzidas pesquisas agronômicas, zootécnicas e florestais.

 

 

 

 

 

Além de ampliar os limites acadêmicos e científicos da Esalq e do Cena, estenderá a oferta de experiências educativas a céu aberto e contribuirá para a conservação da diversidade genética das nossas espécies florestais.

Essa ação enriquecerá ainda mais as coleções de árvores já existentes em outras áreas pertencentes à USP, e administradas pela Esalq, como a Fazenda Areão e as Estações Experimentais Florestais de Itatinga e Anhembi.

Integrado a um centro de visitação e a um centro de vivência em temas florestais, o Projeto Arboreto Luiz de Queiroz será um jardim botânico de árvores habilitado para beneficiar e certificar sementes florestais, produzir em um moderno viveiro e casas de vegetação mudas florestais de alta qualidade, gerir trilhas e jardins abertos ao público, e abrigar um novo espaço anexo para expansão do renomado Herbário Luiz de Queiroz.

Seja um parceiro desta iniciativa. Faça a sua contribuição e nos acompanhe nesta página e nas redes sociais, para ver como a sua contribuição está ajudando a USP a trazer mais verde para este mundo.

Como participar

 

Contribua com o Projeto Arboreto Luiz de Queiroz fazendo a sua doação diretamente neste site. Aqui você terá acesso ao serviço de pagamento. São oferecidas três opções de valor para a sua doação, mas é possível escolher qualquer outro clicando em “outro valor”. Caso seja da sua vontade, é possível  parcelar a sua doação em pagamentos mensais. Qualquer que seja o formato, a sua retribuição será muito apreciada.

Quero contribuir

R$ 100 R$ 300 R$ 500 Outro Valor
Além de contribuir para a difusão e o progresso da ciência, todos os doadores terão seus nomes eternizados no monumento “Justos por Natureza”, um mural a ser construído para guardar o nome daqueles que contribuíram com a realização deste sonho.

Depoimentos

Quem retribui o conhecimento adquirido, transforma a sua gratidão na semente de um amanhã mais próspero para a sociedade. Conheça alguns depoimentos sobre o Arboreto Luiz de Queiroz.

Coordenação do projeto

 

A coordenação do projeto está a cargo de professores do Departamento de Ciências Florestais da Esalq, com o apoio de professores de outros departamentos e dos alunos atualmente matriculados nos seus cursos de graduação e de pós-graduação.  O Projeto Arboreto Luiz de Queiroz evolui em fases definidas por metas renovadas a cada dois anos. Nesta página você encontra detalhes sobre as várias ações em curso, sobre o atual nível de atingimento das metas e sobre o envolvimento da comunidade.

Como o recurso arrecadado será usado?

Fique por dentro das últimas notícias, aqui você poderá consultar um link permanente para um “metrônomo”, que expressa o quanto da meta bienal de arrecadação já foi alcançada, e para um quadro de aplicações, que revela como os recursos arrecadados estão sendo utilizados.

Os recursos arrecadados serão investidos na transição do status de Parque para o de Jardim Botânico de Árvores Brasileiras.

Além de revitalizar o parque, esta iniciativa irá potencializar novas experiências educativas, pois o jardim se manterá aberto para a sociedade, para a ciência, para a conservação genética de importantes coleções de árvores e para a biodiversidade local de plantas. E também:

> Meticulosa avaliação e tratamento sanitário de todas as árvores que hoje integram a coleção do parque;
> Plantio de novas árvores;
> Desenvolvimento de um aplicativo de celular que permitirá aos visitantes identificar as árvores durante caminhadas e passeios pelo parque;
> Modernização do atual viveiro de mudas florestais da escola, para criar um centro de vivência e de visitação, e para o cultivo de coleções especiais conectadas por trilhas educativas.

Atualmente, professores e funcionários da Esalq zelam por esse incalculável patrimônio, e a Universidade de São Paulo se esforça para manter a infraestrutura necessária (vias de acesso, iluminação, segurança, etc.).

Mas é você, com a sua contribuição, que nos permitirá ir além e criar a mais bela coleção de árvores do Brasil. Vamos juntos?

Fale conosco

Não fique com dúvidas, saiba tudo sobre nosso projeto e como participar.