Período e Horário

01/04/2022 a 01/04/2024 Encontros síncronos sábados 8hrs a 12h ou 14hrs a 18h

Local

à distância, via Moodle USP

Carga Horária

400h (360h de aulas + 40h de monografia) Elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso, com obrigatoriedade de defesa individual online

Coordenação

Prof Dr Murilo Mesquita Baesso

Acessar CV online: Clique aqui

Departamento de Engenharia de Biossistemas FZEA- Universidade de São Paulo (USP)

Objetivo

Abordar bases teóricas e práticas da produção agrícola sustentável, proporcionando conhecimento abrangente sobre os diversos temas relacionados a esse tipo de agricultura, atualizando conhecimentos bem como apresentando e discutindo com os participantes conceitos e práticas relacionados com as diferentes áreas envolvidas

Programa

Agricultura Digital – Fundamentos em Analytics e Machine Learning

Capacitar profissionais nos fundamentos de inteligência analítica e aprendizado de máquina, enfatizando as técnicas mais utilizadas na solução de problemas de extração de conhecimentos e geração de informações a partir de grandes volumes de dados brutos obtidos de sistemas de produção vegetal e animal.

 

Avaliação da qualidade de aplicação de fitossanitários.

Reconhecer as principais metodologias de avaliação da qualidade de aplicação de fitossanitários.

Tecnologia de aplicação de fitossanitários;

Uso de etiquetas amostradoras;

Uso de espectofotametria;

Uso de raio laser na avaliação da qualidade de aplicação de fitossanitários;

Métodos de avaliação da qualidade de aplicação de fitossanitários.

 

Comunicação rural.

Entrar em contado com as principais metodologias de comunicação empregadas nos territórios rurais para encontros presenciais e remotos, visando a internalização de novas tecnologias.

Conhecer as escolas de comunicação difusionista e dialógica para os territórios rurais;

Conhecer as formas de uso das redes sociais para a comunicação no campo;

Conhecer a metodologia de comunicação “Diálogos” para encontros remotos e presenciais;

Conhecer métodos trabalho em equipe de forma remota para a construção de ações pedagógicas para a internalização de novas tecnologias no campo;

Conhecer métodos de avaliação para a comunicação remota e presencial nos territórios rurais.

 

Eficiência energética e conservação de energia.

Introduzir conceitos de consumo de energia elétrica, motores elétricos, luminotécnica e tarifação de energia elétrica. Estudar os fundamentos relacionados à eficiência energética e conservação de energia.

A energia elétrica é essencial na vida dos seres humanos e também importante nos processos industriais. O uso racional de energia é fundamental para se garantir a demanda mundial por energia elétrica com o mínimo impacto ambiental. O uso de equipamentos eficientes aliados a utilização de técnicas de eficiência energética auxilia a produzir mais com menores custos mantendo a qualidade.

 

Fontes de energias alternativas e renováveis.

Introduzir conceitos de energia elétrica, matriz energética e geração distribuída de energia elétrica. Estudar os fundamentos relacionados a energias renováveis.

A busca por fontes de energia elétrica que tenham menos impactos ambientais é uma grande demanda da sociedade. O uso de energias alternativas e renováveis pode, além de abastecer locais sem rede convencional de energia elétrica, mitigar os efeitos da geração de energia ao meio ambiente. Sendo assim, o conhecimento de fontes alternativas é importante para profissionais de todas as áreas do conhecimento.

 

Fundamentos de análise dimensional e transposição de escala.

Fornecer conhecimentos sobre análise dimensional e teoria de modelos, apresentando técnicas para realizar a transposição de escala com relação ao desenvolvimento de processos/produtos.

A análise dimensional é importante e poderosa ferramenta para racionalizar as etapas necessárias ao se migrar da escala laboratorial em direção à escala industrial. Mediante o agrupamento adequado de parâmetros de influência, o número de testes pode ser notadamente reduzido, permitindo economizar recursos materiais, energéticos e humanos em atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D).

 

O agronegócio e a economia brasileira.

O objetivo da disciplina é discutir a agenda contemporânea do agronegócio brasileiro, a partir de sua gênese histórica e de seu papel no desenvolvimento socioeconômico do Brasil. Entre os objetivos específicos está o resgate do o conceito de agronegócio proposto por Davis e Goldberg, bem como a análise do agronegócio como um sistema que engloba todos os atores que intervém na produção, transformação e distribuição de alimentos, fibras e biocombustíveis.

 

Técnicas computacionais aplicadas.

A modelagem computacional aplicada à engenharia tem experimentado notável avanço devido ao desenvolvimento e à disponibilidade de recursos (hardware e software), somados à proliferação de “big data” e dispositivos de conectividade. Para explorar este potencial (e lidar com tal desafio) na solução de problemas de engenharia, é conveniente (senão necessário) o uso consciente de técnicas numéricas.

Revisão de planilhas eletrônicas (MS Excel ou similar): automatização de cálculos, implementação de fórmulas e funções, elaboração e manipulação de gráficos;

Uso do “Atingir Meta” e do “Solver”, solução numérica de problemas de otimização;

Ferramentas e métodos computacionais para solução numérica de problema de engenharia;

Implementação e uso de Macros para solução numérica de problemas de engenharia.

 

Tecnologia na aplicação de fitossanitários.

Reconhecer os principais fatores que influenciam na aplicação de produtos fitossanitários e sua influência na qualidade de aplicação.

Fatores que afetam a utilização:

Clima;

Solo;

Alvo;

Operador;

Máquina.

 

Corpo docente*

Prof. Dr. Murilo Mesquita Baesso

Prof. Dr. Fernando de Lima Caneppele

Prof. Dr. José Antonio Rabi

Prof. Dr.  Luis Fernando Soares Zuin

Prof. Dr.  Rafael Vieira de Sousa

Prof. Dr.  Rubens Nunes

*Sujeito a alterações

Número de vagas

110

Investimento

INVESTIMENTO

Taxa de inscrição única: R$ 300,00.

Mensalidade: R$ 350,00 serão um total de 24 parcelas mensais ao longo do curso.

Observação

O Curso de Especialização será na modalidade à distância e o certificado emitido pela Universidade de São Paulo – USP

 

CRITÉRIO PARA APROVAÇÃO (EMISSÃO DE CERTIFICADOS) 

Frequência mínima exigida em cada disciplina 75%.

Nota mínima em avaliações e atividades 7.

Nota mínima em avaliação final 7.

Elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso, com obrigatoriedade de defesa individual online.

Nota mínima na avaliação do TCC 7.

Obs. Carga Horária Mínima p/ Aprovação do Aluno (inclusive monografia): 300:00h

 

POLÍTICA DE ISENÇÕES

Serão destinadas pelo menos 10% (dez por cento) das vagas preenchidas, desde que haja no mínimo 10 (dez) alunos matriculados. Serão adotados os seguintes critérios: avaliação curricular e/ou do histórico escolar e avaliação socioeconômica. Para efeitos de cálculo de vagas para isenção será considerada uma vaga isenta para cada 10 (dez) participantes pagantes

Atenção

REQUISITOS TÉCNICOS:

– Internet recomendada mínima de 3,0 Mbps para acompanhamento das aulas ao vivo.