Sobre a Fealq

Nossa Missão

Nós ajudamos Instituições de ensino, pesquisa e extensão a fazer um mundo melhor.

Nossa Visão

Ser a referência brasileira entre as fundações nas áreas das ciências agrárias, ambientais e sociais aplicadas.

Nossos Valores

Priorizamos o ser humano;
Entregamos as melhores soluções;
Atuamos com integridade;
Respeitamos os valores éticos e socioambientais;
Aperfeiçoamos continuamente a governança.

Apoiadora de Parcerias que Geram Conhecimento

Desde 1976, a Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz viabiliza a docentes e grupos de pesquisa da Universidade de São Paulo, atuantes principalmente no agronegócio, a celebração de contratos com quaisquer outros segmentos da sociedade brasileira ou estrangeira. Do ponto de vista de empresas, órgãos de governo e demais instituições, a Fealq é a “porta de entrada” para o relacionamento formal com docentes e pesquisadores da USP.

Atualmente, a Fealq gerencia projetos da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), do Cena/USP (Centro de Energia Nuclear na Agricultura) e da FZEA/USP (Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos), de Pirassununga.

A Fealq é entidade de direito privado, sem fins lucrativos, signatária do Acordo de Cooperação com a Universidade de São Paulo, que regulamenta a gestão administrativa e financeira dos projetos desenvolvidos entre membros da USP e instituições públicas e privadas, nacionais ou estrangeiras. Sua estrutura lhe permite atuar também como gestora de projetos exclusivos da iniciativa privada.

Parceiros da Fealq recebem suporte jurídico, administrativo, financeiro e trabalhista para a realização de seus trabalhos – pesquisas, eventos ou cursos (presenciais e a distância).

Investimentos contínuos têm proporcionado à Fundação atuar cada vez mais próximo de seus parceiros. O apoio pode se iniciar na elaboração das minutas de contrato. Equipes administrativa e jurídica se disponibilizam a participar desde o acerto dos termos com o parceiro externo (público ou privado) até a oficialização plena do contrato junto às instâncias competentes da Universidade de São Paulo ou com instituição privada.

Nas etapas seguintes, o time Fealq faz o gerenciamento financeiro e dá suporte para a contratação de pessoal e compra de materiais necessários para os trabalhos – realiza pagamentos e emite notas fiscais.

As informações financeiras são gerenciadas via SAP e disponibilizadas aos coordenadores via “Portal do Coordenador”, que lhes possibilita acompanhamento dos recursos referentes ao(s) seu(s) projeto(s).

A Fealq encarrega-se também do repasse de recursos dos projetos aos Departamentos e às instâncias da USP (Reitoria, Diretoria da Unidade e/ou Departamento).

Paralelamente à gestão de projetos variados, a Fealq atua na publicação de livros de pesquisadores e edita a “Revista de Agricultura” (internacional), uma das mais antigas no meio científico brasileiro.

Sensível a demandas de alunos de graduação e pós-graduação, bem como à necessidade de recursos para a realização de atividades culturais e esportivas que beneficiem a comunidade, a Fealq mantém cinco modalidades de “Programa de Incentivo”. É também apoiadora de start up’s voltadas à inovação no agronegócio.

FAZENDA FIGUEIRA

No ano de 2000, a Fealq recebe a doação, feita em testamento pelo esalqueano Alexandre Von Pritzelwitz, da fazenda Figueira, no município de Londrina-PR. Conforme desejo de seu doador, a propriedade tornou-se estação experimental e é gerenciada por comissão de professores do Departamento de Zootecnia da Esalq, devendo ser autossustentável. Seus 3.686 hectares têm sido usados para experimentos de diferentes universidades/centros de pesquisa e em projetos com parceiros privados. O objetivo principal é que seus trabalhos validem tecnologias e/ou arranjos produtivos que proporcionem maior rentabilidade aos pecuaristas de corte. Mais informações: Fazenda Figueira

GOVERNANÇA

A estrutura de governança da Fealq é composta pelo Conselho Curador, Conselho Fiscal e Diretoria. Conforme o Estatuto da Fundação, o Conselho Curador é formado por sete membros, responsáveis por eleger todos os participantes. O Conselho Fiscal, órgão de controle interno, tem três membros. O participante de uma instância não pode participar de outra. Para todos, o mandato é de quatro anos, com renovação parcial a cada dois anos e sem possibilidade de reeleição no mandato subsequente. A Diretoria possui um diretor-presidente e mais dois diretores com mandato de três anos.

COMPLIANCE

Em 2019, o Conselho Curador aprovou o Termo de Compliance que, em síntese, prevê o cumprimento de todas as normas legais e vigilância para que sejam evitadas práticas de corrupção e de qualquer tipo de discriminação. Para regulamentar sua política de Compliance, a Fealq criou um comitê, responsável por acompanhar também qualquer manifestação de colaboradores diretos e terceiros relacionadas a essas questões.

TRANSPARÊNCIA

Toda sua atividade fiscal, incluindo a movimentação da Fazenda Figueira, é auditada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público, Promotoria de Fundações, pela própria USP e ainda por auditoria independente contratada pela Fealq. Mais informação: Portal da Transparência.