https://fealq.org.br/equoterapia-esalq-usp-oferece-novas-atividades-assistidas-com-cavalos/

Compartilhe:

Equoterapia Esalq/USP oferece novas atividades assistidas com cavalos

Inscrições já estão abertas no site da Fealq


O Projeto Equoterapia da Esalq/USP expandiu seus horizontes e está com inscrições abertas para crianças e adultos que queiram aprender ou aprimorar seu relacionamento com cavalos. São atividades com fins educacional, esportivo e recreativo, ministradas em aulas individuais e coletivas, que proporcionam inúmeros benefícios aos participantes.


A iniciativa deve contribuir para levantar recursos para manter o Projeto em funcionamento (serviços de manutenção geral, salários de equitador, psicólogo e fisioterapeuta, tratamento dos cavalos, entre outras despesas). Serão oferecidas aulas de equitação lúdica e volteio interativo, além do Happy Horse Day (Um dia com cavalos), no valor de R$ 100 por pessoa.


Os agendamentos para as atividades, que começam nesta segunda-feira, 17, devem ser feitos pelo site fealq.org.br/equoterapia. Para consultar as datas e horários disponíveis, clique aqui. A partir de fevereiro, também serão abertas vagas para a equoterapia “solidária”, acompanhando a dinâmica já oferecida gratuitamente pelo Projeto.


As práticas acontecem ao ar livre, nas dependências do Setor de Equinocultura da Esalq (avenida Pádua Dias, 11), em Piracicaba (SP), sendo conduzidas por uma equipe multidisciplinar. Durante as atividades, são desenvolvidas habilidades físicas, emocionais e sociais entre os participantes.


RETOMADA –
O Projeto Equoterapia da Esalq/USP retoma no próximo dia 20 de janeiro os atendimentos gratuitos, suspensos desde 2020 por conta da pandemia. Atualmente, tem capacidade para receber 12 praticantes, com idade a partir de 3 anos.


Idealizado pelo professor Claudio Maluf Haddad, do Departamento de Zootecnia da Esalq/USP, em 2001, o Projeto oferece tratamento terapêutico e educacional complementar utilizando o cavalo como instrumento de reabilitação de pessoas com deficiência física e/ou mental. Em 20 anos, já foram realizados mais de 30 mil atendimentos principalmente a famílias de baixa renda.


Sob gestão administrativa dos professores Sila Carneiro da Silva e Gerson Barreto Mourão, ambos do Departamento de Zootecnia da Esalq/USP, e gestão técnica da professora Roberta Ariboni Brandi (Zootecnia da FZEA/USP), a iniciativa é mantida com apoio da Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq) e conta também com auxílio de voluntários, estudantes de graduação de diferentes cursos, além de empresas que patrocinam a ação.

 

Mais notícias sobre a FEALQ, CLIQUE AQUI